quinta-feira, 22 de agosto de 2013

A POESIA JÁ ME DIZIA...


 POESIA JÁ ME DIZIA...
Raykorthizo perez.

Com Fidelino de Figueiredo,
Carlos Drummond de Andrade
Aprendeu e eu com ele que:
"Com os mortos não se deve
polemizar,
e com os vivos não vale a pena".
___________
OS MUROS, NADA MAIS
Raykorthizo Perez.

Os muros, nada mais.
Jaz a vida inerte,
sem vida, sem ruído,
sem palavras cruéis.

A luz, lívida, escapa,
e o cristal já se afirma
contra a noite incerta
de arrebatadas chuvas.

O muro, ressuscita
outra vez na casa;
os tempos são idênticos,
distintos os olhares.

Eis a porta fechada?
O esquecimento me abre
suas desnudas moradas
cinzentas, brancas, sem ar.

Por alguém suspiro.
Um prato entre as mãos,
isolado. Silêncio, nada:
A obscuridade se misturando.

SOLUÇOS DESTE AMOR
Raykorthizo Perez.

Os soluços deste amor
são violinos
suaves do outono que me ferem
a alma, servem
num tom suave,
pianíssimo a poesia, a melodia
o mais claro desejo
de ver-te novamente

O sol brilha o seu resplendor
de desespero de amor,
O vento da noite
murmura de saudade,
magoada, chora...
O sonhos
como folha solta, como folha morta
o vento leva,
o vento da agonia
abate o destino,
o destino do sonho
cai abatido, inerte
na realidade
morto pela verdade.

ONDE ESTÁS, MEU AMOR?
Raykorthizo Perez.

Onde estás, meu amor?
Sonhei-a porque a alma
estava enlevada de todas
delícias as tuas carícias.

Num momento de ternura poética,
o sol cintilante,
tirou do poema celeste,
o versos deste amor...

Ecoavam-se suspiros da lua
num lago azul,
nos jardins amavam-se
os sonhos dos apaixonados...

Orvalhos de esperança
pingos de lembrança 
mostrava-me como joia rara
pedra preciosa,
tesouros dos céus
intocável,
inviolável
indestrutível
bem dentro do meu coração
lacrado e inviolável
sempre teu a amar-te
____________________
Sem dizer uma única palavra, quando me olha, sinto o te amor arder em chamas.
-----
Há ocasiões que a melhor maneira de dizer algo e fazer-se entender, é não dizendo nada.
-----
Quem ensina nunca deve esquecer a aprender.
-----
Entra as lágrimas e o sorriso,
Entre a noite e o dia,
Entre a primavera e o inverno,
Ente o brilho do sol,
E da escuridão da noite.
Entre o sonho e a realidade,
Entre um e o outro
Há uma luz de esperança
Que só o amor conhece.
-----
Ame com atitudes,
Beije com sentimentos,
Abrace com carinho,
Pense com o coração,
E ame com a alma.
E eleve-se ao infinito,
Que o amor é eterno,
O que Deus lhe reservo, teu será.
----
Quem não compreende um olhar, nunca saberá o que é o amor.
----
A felicidade é um sentimento que só existe se for a dois, e de maneira retribuída, compartilhado e dividido de modo recíproco e mútuo: Ninguém é feliz sozinho.
----
A vida renasce todos os dias quando o dia nasce. Todos os dias a vida recomeça com o dia que nasce.
----
Quando o homem aprende a viver, ele começa a morrer.
----
Não se preocupe tanto, mas nunca deixe de fazer o necessário.
----
Existem dois dias na vida que é preciso ser esquecido para ser feliz HOJE. Esqueça o ONTEM e o AMANHÃ.
----
O que deseja receber comece por fazer.
----
Foge ainda mais do objetivo, quem faz para agradar, porque no final, não agrada e nem faz.
----
Muito sensual e linda, mas tudo se acaba com a água.
----
A prudência ensina que jamais se deve brincar com o que é sério e levar o que é sério na brincadeira.
----
Agradeço de coração a sua visita, ela é de fundamental importância, a própria razão do Blog existir.
Deixe seu comentário. Dê a sua opinião.